Brincadeiras para bebês que estimulam o desenvolvimento

As brincadeiras para bebês ajudam a criança a se desenvolver em questões sociais, emocionais, físicas e cognitivas; portanto um pai ou uma mãe que são atentos, procuram sempre estar brincando nas horas livres com seu bebê. Além do mais, as atividades deixam os pequenos menos chorosos e criam um lanço afetivo entre pais e filhos.

Nos primeiros momentos é possível que a criança não preste muito atenção na brincadeira, o humor de um determinado momento também influência, mas a persistência é a chave do sucesso. É possível notar se o pequeno estiver prestando atenção em você, caso ele esteja rindo ou dando sinais de alegria; caso ele comece a demonstrar sinais de impaciência, como olhar para os lados é bom tentar algo novo.

Cada bebê tem um temperamento e um certo tempo para aprender as atividades, não se preocupe se o desempenho não seja do jeito que você imagina, é normal que uma criança demore mais para aprender determinada brincadeira e seja mais rápida em outra, mas caso você desconfie de algum atraso converse com seu pediatra.

Brincadeiras para bebês: recém nascidos à 3 meses

Embora muitos pais achem que os recém nascidos não vão conseguir realizar mais nada do que mamar, dormir e fazer suas necessidades básicas, existem formas de estimular essa faixa etária através do olfato, audição, visão (mesmo eles ainda não enxerguem bem) e do toque.

Balancinho

No finalzinho da tarde, normalmente quando a criança resolve abrir um berreiro, coloque uma música bem tranquila e posicione seu filho no colo e comece a dançar de forma suave “dois para lá e dois para cá” com ele juntinho pela casa; só não o sacuda e também lembre-se de apoiar seu pescocinho.

Olha isso!

Essa brincadeira tem como base mostrar coisas para o bebê, podendo ser utilizado qualquer objeto seguro (que não corte, não queime e também não possa ser engolido), bons exemplos são embalagens de sabonetes líquidos vazias, colheres, tampas, espátulas, almofadas, panos e caixinhas.

Tenha uma “caixinha secreta”, para mostrar objetos interessantes de lá como se fosse mágica e mostre-se encantada(o) como a caixinha funciona, assim você estará estimulando questões visuais e cognitivas da criança. Você também pode mostrar ilustrações de livros, apontando para suas formas e cores, mas tenha paciência crianças muito pequenas não vão entender do que se trata.

Bebê brincando.

O que é que tem na minha cabeça?

Pegue um lenço, uma fita ou um paninho macio e passe por cima da cabeça e na frente do rostinho da criança, você verá como encontrará bastante itens uteis dentro de casa, sem precisar estar gastando. Mas atenção, nunca deixe seu filho sozinho com uma fita ou laço, pois ele pode colocar na boca ou enrolar no pescoço.

Solte sua voz

Essa é a hora de cantar o repertório clássico infantil, não se preocupe se você não canta bem, a música é uma das formas de aprendizado das crianças. Se não conseguir lembrar das canções, procure no Google, bons exemplos são “Ciranda, cirandinha…”, “A dona aranha subiu pela parede, veio uma chuva forte e a derrubou…” e entre outras. Você pode adicionar fantoches e outros objetos, fazer vozes e entonações diferentes, e pronunciar o nome do bebê na música.

Brincadeiras para bebês: 4 à 6 meses

Nessa faixa etária, a criança começa a ficar mais ativa, pois aprende a se sentar e virar de um lado para o outro. O bebê também desenvolve as habilidades de manipular, segurar e levar objetos para a boca, o que requer um cuidado redobrado. Nessa idade o pequeno consegue responder melhor às brincadeiras.

Bolhas de sabão

Bolhas de sabão.

Essa é uma boa brincadeira para aquelas horas de choro, quando você começar a soprar as bolhas, as lágrimas vão cessar em um instante. Se puder fazer isso em um local aberto, onde tenha mais crianças, é ainda mais interessante pois as crianças vão chegar perto e vão entreter seu filho.

Vou te pegar!

Não há bebê que resita e não de umas boas gargalhadas à uma ameaça de “vou te pegar!”, cheio de cócegas, beijinhos e abraços. Quando a criança crescer, você pode acrescentar um pega-pega na brincadeira.

Dedinhos

Essa brincadeira é uma boa opção para distrair o pequeno na hora de colocar o sapatinho ou trocar às fraldas, consiste em você pegar nos seus dedinhos e falar o famoso “dedo mindinho, seu vizinho…” ou outras frases que você mesma pode criar para entreter seu filho.

Dedinhos do bebê.

De barriga para baixo

Nessa faixa etária muitos pediatras recomendam colocar o bebê de bruços no chão (mas em cima de um cobertorzinho ou toalha macia), como essa posição é meio cansativa, ajude o entreter fazendo o mesmo, olhando nos olhos da criança e virando-o devagar para um lado e para o outro e fazendo sons engraçados, pode até ser “opa”.

Aviãozinho

Nessa idade a cabeça da criança está mais firme,  portanto dá para brincar de aviãozinho/foguete, apoiando o bebê deitado em seus braços e o fazendo “voar”, mas com cuidado (geralmente os papais são “feras” nessa brincadeira).

Uma outra opção é brincar de elevador, segurando o bebê no colo e subindo e agachando, contando os andares como se fosse um elevador.

Brincadeiras para bebês: 7 à 9 meses

Nessa fase o bebê quase é perito em se sentar e logo mais estará engatinhando por aí. Elogie seu filho a cada conquista, os bebês adoram que batam palmas para eles. Eles também começam a entender que mesmo que um determinado brinquedinho sumiu de vista, não significa que não vão vê-los para sempre.

 Bate, bate

Nessa idade a criança vai tentar bater os brinquedos na mesa ou onde estiver, se estiver com dois vai tentar bater um no outro e até tentar colocar o objeto contra a luz, para estimular a brincadeira, tenha itens que fazem barulhos interessantes como chocalhos ou sinos.

Causa e efeito

O bebê vai tentar fazer diversas coisas para ver o que acontece, como apertar o botão para ver se a luz acende, uma boa opção é deixar um telefone de brinquedo ou outros objetos seguros que possam ser “descobertos” para ele saciar sua vontade.

Bebê com telefone de brinquedo.

Obstáculos

Se o bebê estiver engatinhando ou estiver dando os primeiros passinhos, experimente colocar objetos como obstáculos, para ele retirar da sua frente, assim você estará ajudando a desenvolver habilidades motoras, só não coloque bichinhos de estimação pois o bebê pode machucá-los.

 Rolando a bola

Crianças dessa idade adoram ver como a bola se movimenta, uma boa opção é jogar uma de plástico leve para cima no intuito que caia no chão para ser observada, você também pode jogar bolinhas pequenas e leves na direção do bebê, aos poucos ele vai aprender a segurar e até jogar de volta para você. Ainda não é aconselhado usar cestas e não chute.

Brincadeiras para bebês: 10 a 12 meses

Nessa idade a criança aprende mais rápido e é preciso estimular o desenvolvimento motor, como ficar de pé e empurrar.

Monta e desmonta

Nessa fase o bebê está percebendo a conexão dos objetos com o mundo, então ele vai gostar de empilhar bloquinhos em uma ordem (podendo não ter sentido para você), encher ou tirar objetos de uma caixa maior e até mesmo esvaziar potes com água. Só fique atenta(o) para não ter itens que possam ser engolidos.

Blocos para bebês.

Alcance o brinquedo

Coloque o bebê no canto do sofá e no outro lado um brinquedo que ele adora para que ele vá pegar, se ele não entender você pode deixar algo seu na outra ponta e imitar o que ele terá de fazer, depois você pode aumentando a distância, só não comece por algo muito difícil para ele não se frustrar.

O mestre mandou

Faça sons estranhos com a boca para ver se o seu filho faz igual à você ou caretas para ver o que acontece, você também pode passar a imitá-lo para ele perceber que você sabe fazer como ele.

No banho

Nessa faixa etária a criança não fica quietinha para tomar banho na banheira, então uma boa opção é colocar brinquedos para ela se distrair, mas você não precisa comprar se não quiser, pode ser até recipientes plásticos vazios. Só que atenção: jamais deixe o seu bebê sozinho na banheira, nem que seja por um segundo, pois pode ser o tempo suficiente para ele se afogar.

Seja o(a) primeiro(a) a postar um comentário!

Faça um comentário

 

Translate »