Conheça cinco fatores que favorecem o ganho de peso

Apesar do controle da alimentação, problemas como sedentarismo, estresse e consumo inadequado de água influenciam de forma negativa o ponteiro da balança e o ganho de peso. Conheça os maus hábitos e abandone-os hoje mesmo.

Perder peso.

Estar insatisfeita com o peso é, em geral, uma das maiores reclamações das mulheres. É comum ouvir mulheres preocupadas com o ganho de peso acelerado e exagerado.

Acredita-se que os hábitos alimentares são os únicos ou principais responsáveis pelo ganho de peso, porém diversos fatores contribuem para os quilos a mais na balança. Sedentarismo, alto nível de estresse, baixo consumo de água, além de fatores genéticos e hormonais, podem favorecer o ganho de peso.

Conheça os cinco hábitos e fatores nocivos que podem influenciar negativamente seu peso:

1. Hábitos alimentares prejudiciais

O aumento de peso ocorre quando os alimentos consumidos fornecem uma quantidade de calorias maior do que a quantidade gasta nas atividades do dia a dia. A regra é simples: comer a mesma quantidade de calorias que se gasta vai gerar a manutenção e estabilidade do peso. Já para o emagrecimento é necessário consumir menos do que se gasta.

2. Alto nível de estresse

Alto nível de estresse também afeta no ganho de peso. Você sabia que o estresse mantém o corpo em alerta e preparado para imprevistos? Por isso, para a própria proteção, o corpo acumula reservas como fonte de recursos.

3. Fatores genéticos e hormonais

Fatores genéticos também podem influenciar o gasto metabólico de cada indivíduo e consequentemente o ganho de peso. Por isso, problemas como diabetes, arritmia cardíaca e pressão alta podem influenciar o ganho de peso.

Além disso, TPM, menopausa e problemas na tireoide podem afetar o resultado da balança, uma vez que causam retenção de líquidos.

4. Baixo consumo de água

Recomenda-se o consumo de pelo menos oito copos de água por dia, o equivalente a dois litros. A água ajuda na eliminação das toxinas do seu corpo e o consumo adequado torna o organismo mais eficiente e o metabolismo mais acelerado.

Quando você deixa de beber a quantidade recomendada de água o seu corpo retém líquidos para evitar a desidratação.

5. Falta de atividade física

Controle remoto, uso do automóvel mesmo em curtas distâncias e as praticidades do telefone celular fazem com que as pessoas se movimentem cada vez menos. Por isso, com as facilidades da vida moderna há uma diminuição importante no gasto calórico e um consequente ganho no peso.

Para evitar o aumento de peso devido ao sedentarismo é necessário incluir exercícios físicos na rotina diária. A atividade física tem potencial para aumentar o gasto metabólico e a massa magra, e ainda promover o controle da fome e da ansiedade.

Em caso de alterações muito bruscas de peso a recomendação é procurar ajuda médica para investigar o caso. Pode ser necessário a realização de exames e, em alguns casos, o uso de medicamentos, sempre indicados por um especialista.

Redação: Thalita Vitoreli.

Seja o(a) primeiro(a) a postar um comentário!

Faça um comentário

 

Translate »