Dicas para ensinar bebê a falar

Depois que a expectativa do nascimento acaba, surgem muitas outras novas e uma delas é como ensinar bebê a falar. É só o bebê abrir a boca que alguns pais já ficam ansiosos. Pois bem, é importante saber que o bebê começa a juntar algumas sílabas como “bababa” ou “papapa” a partir dos seis meses.

Ensinar bebê a falar.

Com, mais ou menos, um ano é possível ouvir um “papai” ou “mamãe”. Mas isso não é uma regra geral, pois algumas crianças podem levar um tempo maior e isso não deve ser visto como um problema.

Caso a criança passe dos 24 meses e não tenha produzido nenhuma palavra no decorrer dos meses, é importante que os pais procurem a ajuda de um fonoaudiólogo e se orientem.

É interessante esclarecer que para que o desenvolvimento da fala da criança ocorra dentro do prazo esperado por todos, alguns cuidados podem ser tomados. E vamos listar alguns para que os papais e mamães se preparem!

Dicas para ensinar bebê a falar

  1. Fale de forma correta

Os bebês aprendem observando. Ou seja, a aprendizagem deles vem da imitação do que os pais e outras pessoas fazem. Por isso é importante falar sempre a pronúncia correta. Porque uma vez aprendido errado, o trabalho para ensinar a forma correta é redobrado.

  1. Fale de forma natural, não como os bebês

Nada de infantilizar suas conversas! O bebê precisa se sentir por dentro do universo dos pais, por isso, seja o mais natural possível em tudo o que for falar.

  1. Mostre a sua boca

Quando você estimula a afetividade através do contato físico, isso serve de incentivo para o bebê se espelhar em você. Alguns fonoaudiólogos afirmam que o bebê entende o processo da fala quando consegue ver o movimento da boca. É quando eles tentam (e podem) imitar melhor os sons.

  1. Cuidado com a animação

Para que o bebê sinta-se confiante para falar, é preciso que ele esteja confortável. Por isso, mesmo que seja difícil, quando ele balbuciar as primeiras palavras, mostre-se contente. Mas não grite, nem reúna a família toda ao redor dele, pois isso pode assustar o bebê e atrapalhar seu desenvolvimento.

  1. Envolva o irmão mais velho

Os bebês conhecem a diferença entre uma criança e um adulto e isso pode fazer com que ele aprenda a imitar mais rápido com ela. Por isso, chame o irmão mais velho para ajudar. Dessa forma, ele não se sentirá excluído, muito pelo contrário. Caso o bebê seja filho único, procure a interação com outras crianças.

  1. Nada de acomodar o bebê

Mimos demais prejudica o desenvolvimento e comportamento do bebê. Se tudo o que ele quiser estiver bem a sua frente, sem que precise apontar, chorar, tentar balbuciar ou fazer qualquer gesto de indicação, não há motivos para que ele melhore a comunicação. É importante que ele tenha estímulo dos pais.

  1. Divirta-se com o bebê

Brincar com o bebê vai facilitar o aprendizado tanto para os pais, quanto para ele, pois a brincadeira estimula na instrução da criança e ensina os pais a conhecerem mais seus filhos.

  1. Desligue os eletrônicos

Rádio, televisão, celulares, tablets e computadores podem auxiliar os pais futuramente. Mas, para melhor desenvolvimento da fala, é importante não confundir a cabeça do bebê. Por isso, evite essa competição de pais x outros meios de comunicação, para que a concentração e o entendimento do bebê não sejam comprometidos.

  1. Crie situações

Conte histórias, músicas e casos, pode até parecer que o bebê não está entendendo nada, mas acredite, o cérebro dele tem uma capacidade absurda de memorizar as palavras. Por isso, converse bastante e sem medo com seu filho(a)!

Ensinar bebê a falar pode não parecer uma tarefa simples, mas aos poucos você consegue, é só se dedicar e ter paciência!

Texto: Raiane Ribeiro.

Seja o(a) primeiro(a) a postar um comentário!

Faça um comentário

 

Translate »