Alimentos orgânicos: Vale a pena a consumir? Tire suas dúvidas

Alimentos orgânicos.

Os alimentos orgânicos são produzidos sem nenhum tipo de agrotóxico, hormônio, inseticidas e produtos de origem química que trazem malefícios à saúde do consumidor em geral, mas muitas dúvidas ainda permeiam esse universo e deixam o comprador cada vez mais confuso. Vamos entender melhor todas as facetas desse tipo de alimento:

Porque são mais caros?

Os produtos orgânicos, em geral, são mais caros que os produtos “populares” por possuírem uma taxa de perda muito maior do que os mesmos. Em uma plantação tomada por uma praga, por exemplo, os produtos orgânicos irão se perder muito mais do que os produtos que receberam inseticidas e isto, consequentemente, diminui a produção.

Tratando-se de um animal, por exemplo, aquele que for criado de forma “orgânica” não receberá hormônios, então será obviamente menor do que o animal que for estimulado com esse tipo de estratégia.

Porque não são tão bonitos quanto os tradicionais?

Um dos maiores obstáculos entre o orgânico e a mesa do consumidor é a aparência. Eles são, de fato, menos bonitos do que os produtos que levam agrotóxicos e outros tipos de químicos, mas é justamente isso que os especialistas defendem fazer deles mais nutritivos. Segundo eles, ao não serem expostos à inseticidas e outros agentes que podem prejudicar a saúde, os alimentos orgânicos concentram mais nutrientes em sua composição.

Orgânico dura menos?

Existe um mito acerca dos alimentos orgânicos, onde se acredita que eles durem menos do que os alimentos convencionais. No entanto, a grande maioria dos consumidores de orgânicos relata que sua durabilidade é, em geral, maior do que a dos outros alimentos.

Como sei que o alimento é orgânico?

Para saber que um alimento é cultivado de forma orgânica, basta encontrar em sua embalagem o selo “Produto Orgânico do Brasil”. Na maior parte das vezes eles são fáceis de identificar.

Alimento orgânico é caro. Posso abrir mão de algum?

Segundo estudos, existem alimentos nacionais que possuem uma taxa de poluição bastante baixa, mesmo quando cultivados de forma tradicional. Portanto, mesmo que você preze pelo mínimo consumo de agrotóxicos, comprá-los das produtoras tradicionais não seria tão prejudicial à sua dieta. São eles:

Alimentos menos contaminados.

Quais alimentos são mais afetados?

Existem muitos alimentos que possuem altas taxas de contaminação, nesse caso seriam eles os mais indicados para a compra orgânica:

Alimentos mais contaminados.

Saiba que “orgânico” não é sinônimo de animais felizes e pureza garantida!

Apesar de não possuir exposição à componentes químicos, os alimentos orgânicos continuam suscetíveis à outros tipos de problemas, como a exposição à longas viagens até chegar nas mãos do consumidor ou mesmo à poluições externas. Além disso, quando se trata de carnes os animais continuam sendo expostos a todos os tipos de problemas das fazendas tradicionais, sendo que a única exigência para sua carne ser considerada orgânica é de que eles não recebam anabolizantes e não se alimentem de pasto exposto a agrotóxicos.

Indicações:

A comida orgânica é mais indicada para grávidas e crianças pequenas, pois são nos primeiros anos de vida que os compostos químicos presentes nos alimentos são mais maléficos para a saúde.

Outro ponto de vista sobre alimentos orgânicos:

A agricultura orgânica encontra-se, porém, em um empasse. Por ser menos produtiva do que a agricultura convencional, pesquisas afirmam que ela levaria a um maior desmatamento se viesse a se tornar popular e houvesse a necessidade de suprir uma maior parte da população. Além disso, afirma-se também que, pela necessidade de repetidas aplicações de produtos como bicabornato de sódio no lugar dos inseticidas, a poluição do ar proveniente das plantações orgânicas seria capaz de ultrapassar a das convencionais.

Agora você já sabe mais sobre a agricultura orgânica e pode decidir com consciência se deseja adquirir um produto com este selo e, neste caso, quais produtos terão preferência. Seja orgânica ou tradicional, a alimentação balanceada e rica em vegetais e frutas sempre será boa para a saúde.

Vale a pena a consumir os alimentos orgânicos mais afetados por agrotóxicos, já os demais, depende do seu bolso. Mas com certeza é melhor consumir alimentos frescos mesmo com agrotóxicos do que comer fast foods.

Larissa Santos.

Seja o(a) primeiro(a) a postar um comentário!

Faça um comentário

 

Translate »