Início Site Página 16

Convites de Casamento: convite de colorir é a nova moda

0
Convites de casamento para colorir.

Uma das principais feiras do mercado de casamentos atualmente é a Casar. Em sua décima quarta edição que ocorreu no shopping JK Iguatemi, em São Paulo, a feira Casar 2015, trouxe inúmeras novidades para os noivos e noivas que estão preparando tudo para o grande dia sair perfeito. Destaque entre as novidades, os convites de casamento para colorir chamaram atenção e dividiram opiniões.

Convites de casamento para colorir.

Na imagem você pode conferir a opção. O kit lembra uma caixinha quando fechado, mas quando os convidados abrem podem encontrar um lindo e criativo convite.

Na parte interna da tampa vem uma breve explicação dos noivos que além de convidarem para o casamento convidam também a pintar o convite e compartilhar nas redes sociais usando as hashtags (palavras-chaves que as pessoas incluem nas mensagens) criadas para o casamento do casal, na imagem, por exemplo, a hashtag é #CasamentoAnaeLucas.

Além do desenho para o convidado pintar e compartilhar por meio de fotos na rede, os convites ainda trazem uma variedade bem grande de lápis de cor. É para soltar a imaginação mesmo!

Convite de casamento para colorir.

Onde encontrar os convites para colorir?

A opção é fabricada pela empresa Papel & Estilo está à venda a partir de R$39,90 a unidade. A empresa lembra que a disponibilidade e o preço podem variar.

A feira sugere para o uso do kit duas opções. A primeira é usar para os convidados em geral, ou seja, para cada convidado compra-se um kit.

A segunda já foi pensada para um casamento com orçamento mais apertado, ou para os noivos que preferirem economizar no convite e investir em outra área da comemoração. A ideia é comprar o convite de colorir apenas para os padrinhos, e encomendar um convite mais convencional para os outros convidados.

Há quem tenha amado os convites, mas ainda tem muito noivo por aí que prefere a cartinha, mais delicada e tradicional.

Se a moda vai pegar ou não, depende apenas dos apaixonados. Mas que é bonitinho e combina com a moda dos livros de colorir para adultos, com certeza combina.

Larissa Santos.

Insônia: dicas para acabar com esse problema!

0
Insônia.

Mais comum do que parece, a insônia vem assombrando muitas pessoas ao longo de suas vidas. Após um dia cansativo de trabalho, tudo o que queremos é um pouco de paz e tranquilidade para dormir uma noite inteira com qualidade, proporcionando um bom descanso ao corpo e a mente.

Insônia.

Infelizmente nem sempre é assim que acontece. Milhares de pessoas pelo mundo sofrem com noites mal dormidas, ou até mesmo sem dormir. Quando isso acontece é comum recorrer a calmantes ou soníferos para resolver. Mas na verdade forçar o sono com base em remédios não é a melhor solução. Para acabar de vez com a insônia é necessário tratar as causas, não à falta de sono em si.

Para tentar resolver esse problema, vamos conhecer um pouco mais sobre a insônia.

  • O que é Insônia?

A Insônia é um distúrbio que impede que o indivíduo adormeça, ou, quando adormece, impede que ele durma a noite toda, o ideal para o descanso.

Geralmente a insônia surge nos adultos, mas também pode afetar as crianças, e em alguns casos, pode ser crônica.

  • O que causa a insônia?

A Insônia é uma das condições com maior diversidade de causas, entre elas estão:

  1. Estresse e ansiedade: situações do dia a dia, como a perda do emprego ou uma entrevista nos próximos dias, as provas finais da faculdade, um problema familiar, o casamento se aproximando… Qualquer situação que possa causar ansiedade ou estresse também pode causar a insônia, pois, a mente tende a ficar mais ativa durante a noite pensando em soluções para estas situações ou criando expectativas sobre elas. Lembre-se de relaxar!

  2. Condições de saúde física ou mental: doenças em geral, tanto do corpo como da mente podem ser responsáveis por quadros de insônia. Depressão, Câncer e Doenças pulmonares (eu dificultam a respiração) estão na lista entre outras doenças que podem levar à insônia.

  3. Mudança de Ambiente: é normal que durante os primeiros dias em um novo ambiente, como em viagens ou mudanças, a insônia apareça para impedir o sono. Isso ocorre porque geralmente ocorre alguma mudança no horário de ir para a cama. No entanto, o relógio biológico não compreende tais situações e estranha a mudança. Seu corpo precisará de uns dias para se adaptar.

  4. Maus hábitos de sono: hábitos como dormir todos os dias em horários diferentes, deixar a luz acesa durante o sono ou a televisão sempre ligada podem prejudicar seu sono. Para uma boa qualidade do sono o corpo precisa de um ambiente confortável, com baixa ou nenhuma luminosidade e de um período de relaxamento antes de dormir.

  5. Medicações e cafeína: a cafeína é um composto estimulante da atividade cerebral. Alguns medicamentos que este composto podem causar a insônia. Além dos medicamentos, bebidas cafeínadas como refrigerante e café também podem impedir um sono tranquilo.

  6. Consumo de álcool e nicotina: clássicos na listinha de contraindicações, álcool e drogas em geral fazem mal para todas as áreas da saúde. Inclusive o sono.

  7. Alimentação em horário próximo ao do sono: jantar em um horário muito próximo ao que pretende dormir pode impedir a chegada do sono. O estômago precisará fazer a digestão e a sensação de peso deixará você desconfortável para dormir.

  8. Idade mais avançada: os idosos tendem a dormir mais cedo que os jovens, e a acordar mais cedo também. Conforme essas mudanças forem ocorrendo no relógio biológico, você precisará se adequar às necessidades do seu corpo para evitar a decadência da qualidade do sono.

  • Algumas dicas para melhorar seu sono:

  1. Relaxe antes de dormir;

  2. Dê um tempo de pelo menos dez minutos sem eletrônicos antes de deitar;

  3. Use roupas confortáveis;

  4. Evite refeições pesadas próximas ao horário do sono;

  5. Evite tentar resolver problemas neste momento, seja com discussões ou apenas pensando em uma solução;

  6. Faça o possível para dormir e acordar todo dia em horários próximos;

  7. Encontre uma posição confortável para o sono;

  8. Desligue o celular para evitar a tentação da última olhadinha no feed;

  9. Não se desespere com a ideia de que ainda não pegou no sono, isso só piora a situação!

  10. Mesmo que você não consiga dormir logo, procure não levantar para fazer outras atividades.

Larissa Santos.

Descamação das unhas: causas e tratamentos

0
Descamação das unhas.

Uma das queixas mais comuns entre as mulheres é a descamação das unhas. Nenhum pouco agradável e geralmente persistente, esse problema pode ter as mais variadas origens.

Descamação das unhas.

Causas – descamação das unhas:

  • Falta de cálcio: as unhas dependem do cálcio para crescerem fortes e permanecerem com saudáveis. Se você não consume muitos alimentos que possuam cálcio, principalmente os derivados do leite, pode ter na falta dessa substância a origem do problema. Algumas bebidas tais como mate, café e chás, se consumidas em excesso podem impedir a absorção do cálcio.

  • Falta de vitaminas: as vitaminas A, B e D são extremamente importantes para o crescimento saudável das unhas, quando elas faltam a descamação pode acontecer.

  • Falta de hidratação: pouca ingestão de líquido pode deixar as unhas ressecadas e consequentemente facilita a descamação. Quem tem tendência a ter a pele mais ressecada também deve passar hidratante com certa frequência nas unhas.

  • Roer as unhas: quando você rói a unha, além de perder pedaços dela, mantém o restante em contato direto com a saliva que ajuda no ressecamento.

  • Práticas estéticas descuidadas: fazer as unhas é bom, mas precisa ser feito com cuidado. Unha postiça, esmaltes de má qualidade, falta de tempo de descanso para a unha entre um esmalte e outro além do uso de acetona podem contribuir significativamente para a descamação.

  • Contato com produtos de limpeza: os produtos de limpeza possuem químicos muito fortes, portanto sempre que você precisar fazer uso de algum produto lembre-se de se proteger com luvas.

  • Estresse e falta de sono: esses dois fatores prejudicam todas as áreas da saúde, e é claro que as unhas estão incluídas.

  • Doenças: influenciam nos hormônios, como a doença da tireoide, por exemplo, podem afetar na saúde das unhas. Procure um médico.

Dicas para evitar a descamação das unhas:

  • Use esmaltes confiáveis.

  • Se necessário, compre esmaltes próprios para ajudar no problema, como fortalecedores, por exemplo.

  • Aplique fortalecedor três vezes por semana.

  • Lixe as camadas de unha que estão descamando com uma lixa branca, procure fazer movimentos leves.

É importante lembrar que a descamação das unhas pode ser resolvida com muito mais facilidade por um profissional. Procure sua manicure e peça dicas dos melhores esmaltes. Se não resolver vá ao dermatologista, ele certamente saberá receitar um tratamento próprio para o seu tipo de problema.

Larissa Santos.

No-poo, Low-poo e Co-wash: conheça estes tratamentos capilares!

0
Cabelos - no-poo, low-poo e co-wash.

Quem é apaixonada por cabelos está sempre em busca da melhor forma de tratá-los, certo? E foi em busca dessas fórmulas perfeitas que surgiram três grandes novidades na área. As técnicas No-poo, Low-poo e Co-wash vem agregando adeptas por onde passa.

Cabelos - no-poo, low-poo e co-wash.

Se as técnicas são as melhores na área ou não é questão de opinião. Hoje vamos apenas conhecê-las e entender um pouquinho mais do que se tratam.

  • Como surgiram?

Algumas pessoas acreditavam que os shampoos convencionais possuíam sulfatos (responsáveis pela maior parte da espuma do produto) que retiravam do cabelo não só a sujeira, mas também óleos essenciais ao fio e lipídios próprios do couro cabeludo. Segundo os adeptos das novas técnicas, a falta dessas propriedades no fio, causaria um dano que poderia ser evitado.

Fora isso, estas pessoas também questionavam a verdadeira necessidade do uso de tantos cosméticos, e se era de fato seguro permitir que todos os componentes químicos presentes nos produtos convencionais entrassem em contato com a pele. A partir desses dois principais ideais criaram-se novas técnicas para a lavagem e condicionamento dos cabelos. Uma boa ideia também para quem tem alergia.

  • No-poo e Low Poo.

As técnicas No e Low Poo mais difundidas atualmente foram idealizadas pela britânica Loren, que trabalha como cabeleireira nos Estados Unidos.

Segundo Loren, existem cinco coisas a serem evitadas ou ao menos reduzidas no tratamento dos fios, principalmente dos cacheados. São elas:

  1. Sulfatos: Na técnica No-Poo os sulfatos não podem ser utilizados, enquanto na Low-Poo sulfatos leves são permitidos.

  2. Silicones: No No- Poo você não deve utilizar silicones insolúveis em água, enquanto no Low-Poo o uso não é proibido.

  3. Calor (como secador de cabelo, por exemplo): O calor em excesso produzido por secadores e pranchas de alisamento, por exemplo, podem danificar o cabelo.

  4. Pentes: O cabelo sofre menos dano ao ser desembaraçado com os dedos do que sofreria se você utilizasse um pente para o mesmo fim.

  5. Fronhas de algodão: A cabeleireira sugere a troca das fronhas de algodão por fronhas de cetim, já que o tecido de algodão absorve a hidratação do cabelo, enquanto a de cetim deixa-a intacta.

  • Porque não utilizar silicones insolúveis?

Os silicones formam uma espécie de capinha no fio do cabelo. Essa capinha, segundo os não adeptos aos silicones, pode se acumular ao longo do tempo dificultando a hidratação do fio.

  • Porque não utilizar sulfatos?

O sulfato possui a função de limpeza do fio, no entanto ele faz uma limpeza tão completa que, além da sujeira, retira do fio também todos os óleos e hidratações que você possa ter colocado.

  • A técnica Co-Wash.

Talvez você esteja se perguntando, como, depois de tantas restrições, você vai lavar o seu cabelo. A técnica utilizada pelos adeptos do No e Low Poo é chamada Co-Wash, que significa basicamente que você vai lavar seu cabelo com um condicionador.

O condicionador também não deverá possuir silicones e compostos proibidos aos adeptos.

Para fazer a lavagem usando a técnica, você simplesmente deverá aplicar o condicionador fazendo massagem capilar no couro cabeludo. Dessa forma você irá retirar o excesso de sujeira e oleosidade do cabelo sem fazer uso do excesso de componentes dos cosméticos comuns.

Mas é claro que tudo tem seus prós e contras, o condicionador em si não consegue remover toda a sujidade do couro cabeludo, melhor usar a técnica Low-Poo, que os sulfatos leves nos shampoos são permitidos ou até mesmo alguns shampoos sem sulfatos.


A blogueira Mari Morena fez uma lista de componentes que não podem ser utilizados aqui: http://boo-box.link/20OEG

  • Shampoos sem sulfatos:

Shampoos sem sulfato.

Embora seja indicado shampoos sem sulfato, evite também o tensoativo Olefin Sulfonate.

  • Alguns Condicionadores que você pode utilizar:

  1. Yamasterol Creme Multifuncional: R$ 5,20 por 320g http://ads.tt/1K0PU

  2. Condicionador Lorys Baby: R$ 8,20 por 500ml http://ads.tt/1K1DR

  3. Condicionador Phytoervas Antiqueda: R$ 16,50 por 250ml http://ads.tt/1K1F3

  4. Condicionadores Surya Amla, Guaraná & Melão / Canela & Cupuaçu / Laranja & Andiroba: R$ 12,50 por 300ml cada http://ads.tt/1K1F6

  5. Condicionador Payot Botânico Alecrim & Abacate: R$ 16,35 por 300ml http://ads.tt/1K1FD

Se testar as técnicas conte para nós o que achou do No-poo, Low-poo e Co-wash.

Larissa Santos.

Maquiagem estilo gótico: aprenda o tutorial

0
Maquiagem estilo gótico.

Se você é adepta à maquiagem estilo gótico, fique atenta que o tutorial de hoje é para você! Esse make lindo é inspiração da vlogueira Daniele Corpse, que costuma dar umas aulinhas bem bacanas nessa área.

Tutorial – maquiagem estilo gótico – by Daniele Corspe

Olhos:

  1. Aplique primer nas duas pálpebras;

  2. Usando um pincel pequeno, marque o côncavo com um tom de sombra terra;

  3. Misture a sombra de tom terra com uma sombra de tom vinho, elas serão responsáveis por colorir toda a parte superior da pálpebra.

  4. Com as duas mesmas sombras que você usou anteriormente, trace uma linha contornando a parte inferior dos olhos.

  5. Escolha um tom nude/bege para cobrir a parte da pálpebra que faltou, ou seja, a parte que fica mais perto dos cílios.

  6. Com um pincel de esfumar, use um tom de preto fosco para marcar o canto exterior dos olhos.

  7. Use um delineador preto em gel para fazer o delineado dos olhos.

  8. Quando estiver pronto o delineado, volte a aplicar a sombra preta no canto exterior do olho para deixar um pouco mais forte.

  9. Use um lápis preto para marcar a parte conhecida como linha d’agua (aquela em que você sempre passa o lápis).

  10. Coloque cílios postiços de tamanho médio.

  11. Passe rímel nos cílios inferiores.

  12. Use o curvex para deixar os cílios postiços mais curvados e depois use rímel para completar.

Boca:

  1. Para começar a fazer a boca da maquiagem estilo gótico, use um lápis de olho preto no delineado nos lábios;

  2. Com um batom vermelho, preencha a parte dos lábios na qual não usou o lápis preto. No meio use um tom mais vivo de vermelho para dar destaque.

  3. Com um pincel passe o batom preto em cima do lápis que você usou no primeiro passo. Isso deixará a cor mais marcante.

Blush:

  1. Para o blush use um tom marrom de contorno, aplicado com pincel grande de cerdas macias.

Sobrancelha:

  1. Aplique iluminador abaixo da sobrancelha.

Maquiagem estilo gótico.

Esse foi o tutorial de maquiagem estilo gótico de hoje! Super fácil de fazer e com um resultado muito bonito. Se fizer não se esqueça de contar para nós como ficou a sua make!

Larissa Santos.

Lenço: dicas incríveis para dar cara nova ao look antigo!

0
Lenço.

No look de festa ou do dia a dia, o lenço é capaz de dar um “up” enorme. Quer variar a composição do seus looks sem precisar comprar nada? Invista neste item-chave!

Em ocasiões básicas ou sofisticadas o lenço é um grande companheiro para quem quer acrescentar aquele charme ao look, se não for a primeira vez que vai usar determinada roupa esse acessório pode fazer toda diferença.

As it-girls, bloqueiras que inspiram o mundo da moda, são também adeptas aos lenços. Usados das mais diversas formas e ocupando pouco espaço do closet os lenços operam verdadeiras transformações no estilo de qualquer uma.

Lenço.
Entre todas as opções de usos para esse item, reunimos algumas dicas para usá-lo:

Lenço – dicas:

1. Estilo Gargantilha:

Se o seu grande objetivo com o uso do lenço é colocar o pescoço como o destaque do look, o efeito gargantilha é o melhor estilho para você. Para um visual mais sério você pode dobrar o lenço até que ele fique bem fininho e amarrá-lo no pescoço como uma espécie de colar. Já se o look for mais despojado, vale enrolar o lenço mais soltinho com um pouco mais de volume mesmo.

Lenço - gargatilha.

2. Estilo Mix de Estampas:


Se o look do dia inclui aquele vestido bem estampado ou colorido, impossível de esquecer, e você quer o fazer parecer diferente para uma nova ocasião, a melhor opção é usar o lenço solto ao redor do pescoço, preso na cintura por um cinto, fazendo com que o contraste entre as duas estampas dê uma nova cara ao visual.

Lenço - mix de estampas.

3. Estilo tiara:


Quem não se lembra das pin up’s não é mesmo? Aquelas moças fortes e lindas de algumas décadas atrás fizeram história e hoje são inspiração para o mundo da moda. O lenço amarrado na cabeça, como uma tiara ou turbante é uma opção muito fashion que agrega estilo para qualquer visual.

Lenço - tiara.4. Estilo chaveirinho de bolsa:

A ideia aqui é colorir Àquela bolsa mais sóbria, em tons escuros, quando o evento não for assim tão formal, como um passeio do dia a dia mesmo. Amarrar um lenço estampado em uma das alças dá um toque todo especial.

Lenço - chaveiro de bolsa.

5. Pulseira de lenço:


Amarrar um lenço no pulso fazendo ele de pulseira é uma forma discreta de deixar o look diferente e bonito. A blogueira Nathalia Generoso mostra como usar:

Lenço - pulseira.6. Na festa


Independente da forma de usar o lenço que você preferir, na hora do look noite ele pode sim estar presente. Aqui vale o bom senso para adequar ele ao look que você for usar e escolher o melhor modelo para a ocasião.

Lenço - festa.

Texto: Larissa Santos.

Posição do bebê pode influenciar no parto

0
Posição do bebê - parto.

Posição do bebê - parto.

É muito comum que no fim da gravidez as gestantes sejam bombardeadas com perguntas sobre a posição do bebê. “Já está na posição certa?” perguntam. Na realidade não há uma posição “certa” e uma “errada”, o que existem são posições que favorecem um tipo de parto ou exigem outro.

No entanto, não é comum que o bebê permaneça em uma posição que impossibilite o parto natural ao final da gestação, sendo que a maioria das mães está apta a ter o bebê em um parto normal.

Ao longo da gestação o bebê irá adotar varias posições, o que é perfeitamente normal e faz parte do processo de formação da criança. A única posição que será importante para determinar o tipo de parto mais adequado é a que o bebê estará no início do trabalho de parto quando a bolsa se romper. Mesmo que o bebê esteja em outra posição, é provável que ele adote a mais adequada para nascer quando a hora chegar.

Tipos de posição do bebê na hora do parto

Conheça as possíveis posições que seu bebê pode adotar e as influências que elas terão no tipo de parto.

Posição cefálica

Posição cefálica.

 

 

Segundo a grande maioria dos médicos obstetras, a posição cefálica é a mais adequada para quem opta pelo parto normal. Na posição cefálica o bebê encontra-se de cabeça para baixo. Ela é a posição mais comum, sendo que a maioria dos bebês, cerca de 90% segundo estatísticas, a adota no momento de nascer.

Mas existem alguns tipos de posição cefálica, eles dependem da flexão da cabeça do bebê, que podem tornar a cesárea uma opção a se considerar.

Posição pélvica

Posição pélvica.

A posição pélvica caracteriza-se pelo bebê estar “sentado”, ou seja, de cabeça para cima. Muitas pessoas acreditam que neste caso o parto natural seja impossível, mas na verdade essa é sim uma possibilidade, apesar de ser um pouco mais difícil.

Posição transversa

Posição transversa.

Nesta posição o bebê está atravessado no útero. O médico tentara virar o bebê para a posição cefálica. Se o bebê não virar o obstetra optará pela cesariana.

A sua preferencia sempre será levada em consideração. Se optar pelo parto natural é provável que o obtenha, a não ser que isso coloque em risco a sua vida ou a do bebê. Se for sua vontade optar pela cesariana no entanto, poderá combinar com sua obstetra já no início da gravidez, e nenhuma posição do bebê impedirá o nascimento por cesárea, sendo que sua escolha estará garantida.

Conversar com o obstetra e analisar sua condição e opções certamente levará a um parto seguro e feliz.

Larissa Santos.

Semana de Moda em Paris 2015: inspirações para noivas

0
Semana de Moda em Paris 2015.

Os desfiles da Semana de Moda em Paris 2015 ocorreram entre os dias 5 e 10 de julho, trouxeram inspirações para os tão amados vestidos de noivas para os dias de inverno. Entre as principais marcas que marcaram presença no evento estavam Chanel, Elie Saab, Giambattista Valli e Fendi.

Semana de Moda em Paris 2015.

Desfiles – Semana de Moda em Paris 2015

  • Elie Saab

A marca trouxe para a passarela o dourado e a renda, além de uma saia volumosa fazendo o modelo lembrar o de uma verdadeira princesa. O vestido foge da extravagância comum das passarelas, sendo a peça que a esposa do estilista usou em seu próprio casamento.

Eliee Saab - Semana de Moda em Paris 2015.

  • Fendi

Trouxe como principal adorno a pele tanto na saia como na estola, levantando críticas sobre a real necessidade do uso de peles, já que hoje esta é considerada uma prática cruel, com razão.

Fendi -Semana de Moda em Paris 2015.

  • Giambattista Valli

Apostando na juventude a peça do estilista apresenta camadas de tule na saia e bordados quebrando a monotonia do branco na parte superior.

Giambattista Valli.

  • Franck Sorbier

O estilista priorizou a leveza e romantismo próprios do casamento, trazendo um modelo tomara que caia adornado por muito tule em um universo quase mágico.

Franck Sorbier.

  • Georges Chakra

Elegância e romantismo estavam presentes no modelo clássico de Georges Chakra. O vestido de silhueta ajustada fez presença no desfile provando que o modelo nunca sairá de moda.

Georges Chakra.

  • Chanel

Com um modelo inovador a marca desfilou um terninho com calça comprida como sugestão para as adeptas a calças.

Chanel.

  • Loris Azzaro

Para cerimônias menos formais, a marca apresenta uma espécie de túnica em um vestido de manga longa.

Loris Azzaro.

  • Maison Margiela Artisanal

A marca trouxe um modelo que foi praticamente massacrado pela mídia. Considerado o exemplo exato do que não usar no casamento, o modelo era cheio de exagero de proporções e extremamente ousado.

Maison Margiela Artisanal.

  • Ralph & Russo

  • Mais uma adepta da saia volumosa, a marca traz camadas em organza e gazar, além de um lindo e delicado cropped bordado à mão.

Ralph Russo - Semana de Moda em Paris 2015.

  • Como um segundo modelo, Ralph & Russo traz a gola alta e a aplicação de pérolas, além da sobreposição de tule na altura da cintura trazendo movimento ao vestido bem ajustado no corpo.

Ralph & Russo.

  • Para cerimônias no civil a marca sugeriu o modelo midi de mangas longas.Ralph & Russo.

    O quarto modelo apresentado pela marca tinha tudo para ser um vestido e até dava essa ilusão à primeira vista, no entanto tratava-se de uma calça pantalona com cintura alta e uma segunda versão do já apresentado cropped bordado à mão.

Ralph & Russo.

  • Para fechar o desfile da marca foi apresentado um modelo mais clássico. O vestido longo, coberto por renda chantilly e bordada com cristais era acompanhado por um véu do mesmo material.

Ralph & Russo.

  • Tony Ward

Tony Ward.

  • Fechando nossa matéria, o estilista Tony Ward trouxe para as passarelas um modelo que apostava em transparências em pontos estratégicos, além de possuir ombro único trazendo certa sensualidade ao look. Bordados também estavam presentes quebrando a seriedade do modelo.

    Além de muita inspiração, a Semana de Moda em Paris 2015 também levantou discussões interessantes, como o uso da pele de animais e a necessidade do uso de terno e calça para uma cerimônia homoafetiva.

Larissa Santos.

Arginina: conheça seus benefícios!

0
Arginina - cabelos - beleza.

Arginina - cabelos - beleza.

A Arginina é um elemento muito conhecido entre o pessoal fitness e do meio de beleza, no entanto, a maioria da população ainda não conhece direito os benefícios que ela pode trazer para a vida.

Apesar de ser essencial, a Arginina não é produzida por nosso corpo, por isso é preciso ingeri-la ou aplicá-la. Antes de saber como fazer uso desse elemento vamos conhecer um pouco mais sobre ele:

  • Onde a Arginina é encontrada?

Ela está presente na maior parte dos aminoácidos que compõem a fibra capilar, ajudando no crescimento do fio.

  • Quais são os benefícios da Arginina?

Segundo o hairstylist David Bernardino, esse elemento quando aplicado no cabelo favorece a desobstrução do bulbo capilar e favorece a troca de nutrientes, o que possibilita o crescimento saudável dos fios, deixando-os ainda mais bonitos.

Mas a Arginina não tem benefícios apenas para os cabelos. Ela também é muito usada por quem está na luta contra a gordura corporal, alguns nutricionistas chegam a afirmar que ela é um elemento essencial nesse sentido, com funções importantíssimas para o metabolismo que incluem a vasodilatação.

  • Uso oral da Arginina

As cápsulas de arginina são indicadas para quem quer perder gordura ruim e ganhar gordura boa/massa muscular.

Após a ingestão das cápsulas, a arginina agirá estimulando a produção do ácido nítrico, cuja principal função no corpo é facilitar a mobilização de gordura de forma mais eficiente.

Para ter acesso às cápsulas é importante consultar previamente seu/sua nutricionista, assim você terá a certeza de estar ingerindo o produto adequado, não utilize nada via oral sem o conhecimento do profissional responsável.

  • Aplicação Capilar de Arginina

Se o seu desejo é aplicar arginina, o uso é um pouco mais fácil. Você precisará adquirir em uma farmácia um produto que contenha o elemento em sua composição, como por exemplo, Reparador de Pontas Kerasilk com Arginina por uma média de R$9 90, ou Avon Advance com Arginina por R$8,99.

Além de produtos específicos, a Arginina também está presente no seu shampoo de todo dia, no condicionador, na máscara capilar e em quase todos os produtos para cabelos.

Não se esqueça de sempre tomar cuidado ao usar medicamentos e ficar atento(a) às reações de seu corpo. Em caso de qualquer tipo de insatisfação com os resultados procure o auxílio de seu médico.

Larissa Santos.

Esmaltes Hipoalergênicos: faça as unhas sem preocupações!

0
Esmaltes hipoalergênicos.

Se você faz parte do grupo cada vez maior de mulheres que AMAM manter as unhas sempre coloridas, desenhadas, estampando novidades da moda ou àquela nova técnica que sua manicure aprendeu, deve imaginar o pesadelo que seria ter que abandonar os esmaltes por uma alergia ao produto. Por isso existem os chamados esmaltes hipoalergênicos.

Esmaltes hipoalergênicos.

Infelizmente, alergia a alguns componentes presentes na maioria dos esmaltes é bastante comum, e dificultam a vida de quem não suporta deixar a unha por fazer. No entanto, graças a nossa cada vez mais avançada tecnologia, que vem nos salvando em inúmeras áreas, hoje muitos fabricantes de esmalte já estão colocando no mercado versões hipoalergênicas do produto.

Existe uma enorme lista de compostos que podem causar alergia, não só nos esmaltes, mas sim em todos os produtos de beleza, por isso é sempre importante ter cuidado e ficar atento aos sinais. No entanto, os dois componentes presentes nos esmaltes comuns são os grandes vilões: o Formaldeído e o Tolueno.

Esses componentes veem causando reações como vermelhidão, coceira no rosto, pescoço e mãos, além de inchaço nas pálpebras. Visando evitar esse tipo de problema surgiram os esmaltes hipoalergênicos, que possuem o mínimo de substâncias que causam irritações.

Inicialmente as marcas produziram apenas cores discretas, em tons bem claros, possivelmente em uma tentativa de testar a procura antes de investir realmente na produção. Atualmente os esmaltes hipoalergênicos são tão bem aceitos que podem ser encontrados com uma variedade de cores quase tão grande quanto a dos esmaltes comuns. Algumas marcas passaram até a mesmo a lançar suas coleções tanto na versão comum como na hipoalergênicas.

Os preços dos esmaltes hipoalergênicos variam de marca para marca, mas em geral ainda são significativamente maiores do que os dos esmaltes comuns. No entanto quando se trata de saúde sempre vale à pena investir.

Marcas esmaltes hipoalergênicos:

  • Eclat (Os produtos custam na faixa de R$11,90);

Eclat.

Oceane Femme.

  • Granado (Os produtos custam, em média, R$ 17);

Granado.

  • Risqué (Todos os esmaltes da marca foram reformulados e o preço se manteve em uma média de R$ 2,75);

Risque.

  • Colorama (Com exceção das linhas “Única Camada”, “Tratamentos Nutribase” e “Cobertura Intensificadora da Cor”, os esmaltes foram reformulados e o preço se manteve em uma média de R$ 2,99);

Colorama.

  • Revlon (R$ 12,90);

Revlon.

  • Ludurana (R$ 12,00).

Ludurana.

Lembre-se que mesmo os esmaltes hipoalergênicos ainda contém inúmeros componentes químicos, o mais indicado é que, antes de investir em uma das marcas você procure um dermatologista para identificar o componente que causou a alergia.

Larissa Santos.

Translate »