Início Site

Maldade – Você é uma pessoa má? TESTE o nível da sua

0
Maldade.

Nem sempre reparamos em nossos comportamentos.

Testes ajudam a enxergar um pouco mais de nós mesmos e a melhorar o nosso eu.

Se você quer saber o nível da sua maldade (caso você seja mau/má), faça o teste a seguir.

Clique em iniciar questionário.

Resultados do teste – maldade – você é uma pessoa má?

Realmente mau/má

Você não se importa muito com as outras pessoas e quase nunca admite seus erros. Você se diverte com a desgraça alheia e olha mais para os próprios interesses.

Cuidado, você é uma pessoa má e está afastando as pessoas ao seu redor. Quando menos esperar estará sozinho(a). É melhor começar a refletir sobre seus comportamentos, antes de começar a magoar todas as pessoas que você ama (se ama alguém de verdade), um dia pode precisar de um ombro amigo ou alguma ajuda e não terá ninguém para confiar.

Neutro (a)

Você pode não ser a melhor pessoa do mundo, mas também não é a pior. Você muitas vezes age de forma egoísta, outras, de forma altruísta. É bom não ser bondoso demais para que as pessoas não sejam más com você. Mas também é sempre bom refletir na coisa certa a se fazer, mesmo que não atenda seus próprios interesses.

Anjo (a)

Você é uma pessoa muito bondosa e que adora ajudar as pessoas. Sua doçura conquista muitos. Você sempre está disponível para quem realmente precisa. Só cuidado para não ser ingênuo (a) e deixar que as pessoas se aproveitem da sua generosidade e seja más com você. Esteja alerta sempre aos interesses verdadeiros das pessoas. Valorize quem a (o) valorize. Seu coração vale ouro! Parabéns!

Gostou do teste do nível da sua “maldade”? Que tipo de pessoa você é? Conte seu resultado para nós! Compartilhe!

Maldade.

Você pode visualizar mais testes como esse, basta clicar na palavra “testes”.

Filme Extraordinário: síndrome rara é real – saiba mais

0

Não é apenas história do filme Extraordinário, a doença apresentada pelo protagonista do filme, Auggie Pullman, é real e se chama Síndrome de Treacher Collins.

O filme

O filme Extraordinário relata a vida de um garoto chamado Auggie Pullman que tem a Síndrome de Treacher Collins, o que faz com que seu rosto seja deformado.

O tema principal é o preconceito vivido por ele e também por sua família ao lidar com pessoas que não estão preparadas a se socializar com quem é diferente.

O filme é emocionante, pois o menino, que por um bom tempo não frequentou a escola, consegue se transformar um verdadeiro herói da quinta série.

 A doença

A Síndrome de Treacher Collins é identificada por causar um distúrbio craniofacial. Os ossos malares da face são achatados, o canto dos olhos externos são caídos, o céu da boca é fissurado ou estreito, o queixo tende a ser pequeno, as orelhas apresentam deformidades (quando presentes), podendo até manifestar surdez.

Além da surdez, a síndrome faz com que a pessoa possa ter complicações para enxergar, se alimentar e até respirar. A maioria dos casos faz com que seja uma deformidade estética e funcional, mas não chega a afetar a inteligência.

Há casos mais leves, que podem passar um tanto desapercebidos e situações mais graves que requerem diversas cirurgias corretivas (como o caso do filme).

Na dúvida da existência da doença, é possível realizar um exame para detectar mutações no gene TCOF1. No pré-natal é possível suspeitar da síndrome através do ultrassom, mas o diagnóstico mesmo só é constatado no nascimento do bebê.

Síndrome de Treacher Collins.

Causas

A síndrome é causada por mutações genéticas no gene TCOF1 que codifica a proteína treacle. Esta proteína tem papel fundamental na manutenção de células que formam ossos da face.

Os pais podem não ter a doença, mas os portadores tem 50% de chance de transmitir a seus filhos.

Tratamentos

A utilização de próteses auditivas e a realização de cirurgias plásticas.

É importante ter um acompanhamento multiprofissional, pois além das operações, é recomendado também frequentar fonoaudiólogos e psicólogos.

Clay Brites, neurologista e pediatra do instituto NeuroSaber, recomenda as correções antes dos cinco anos de idade, em torno, pois assim diminui os impactos sociais e emocionais que a criança vai passar.

Moral do filme Extraordinário

*Respeitar e saber interagir com quem é diferente, pois ninguém é igual e todos nós, no fundo, temos nossas diferenças.

*A coragem de enfrentar os outros.

*Se colocar no lugar do próximo, pois apenas um olhar, um sorriso, pode fazer toda a diferença na vida de alguém.

Filme Extraordinário.

 

Leia também (clicando aqui ->) Bichos de Estimação x Doenças.

Cabelos cacheados: dicas para mantê-los ainda mais lindos

0
Cabelos cacheados.

Para deixar seus cabelos cacheados ainda mais maravilhosos, é preciso ter atenção a alguns cuidados extras na hora de se preocupar com os fios. Veja as principais dicas a seguir:

Principais cuidados com cabelos cacheados

1. Toalha NÃO!

Na hora de enxugar os fios, é bom evitar a passar a toalha, pois faz com que o cabelo fique com mais frizz. O ideal é usar uma camiseta de algodão.

2. Escove molhado

Ao escovar os fios molhados, faz com que eles fiquem mais definidos e não armem, desembaraçando com mais facilidade. Só se você quiser fazer um penteado armado, aí sim pode passar a seco.

3. Água quente NÃO!

Tomar banho muito quente ao lavá-los danifica os fios, isso não é apenas para cabelos cacheados, mas para todos os tipos de cabelos, então procure sempre utilizar água fria a morna.

4. Hidrate sempre

Os cabelos cacheados ressecam muito nas pontas, devido a oleosidade do couro cabelo não chegar com tanta facilidade nas pontas, em comparação com os cabelos lisos. Portanto é bom fazer hidratação 1x por semana.

5. Finalizadores

Os finalizadores dão um aspecto melhor aos fios, proporcionando uma melhor definição, deixando-os mais macios e hidratados. Óleo de Argan é uma boa opção.

6. Produtos anti-frizz

Abuse dos produtos anti-frizz, shampoos, condicionadores, finalizadores e entre outros, pois nos cabelos cacheados isso é um problema muito comum.

7. Fitagem estruturada

É uma técnica utilizada para deixar os cabelos cacheados mais definidos, modelando-os com creme. Confira:

8. Utilize o difusor

Ao secar os cabelos, tem um acessório que você pode acoplar ao secador, chamado de difusor. Assista ao vídeo a seguir para saber como utilizá-lo:

9. Corte a seco

O corte a seco nos cabelos cacheados proporcionam uma visão melhor de como eles vão ficar do que cortá-los molhados. Procure profissionais que oferecem esse tipo de corte.

Mais dicas:


Agora com todas essas dicas para cabelos cacheados você pode deixá-los ainda mais definidos e bonitos!

Cabelos cacheados.

Veja também como escolher a escova ideal para seus cabelos, <–clicando aqui.

Maquiagens para o Natal e Ano Novo 2017/2018: confira as dicas

0
maquiagens para o Natal e Ano Novo

Quem diria, amigas leitoras do Site Da Mulher, 2017 já está terminando, um ano repleto de alegrias e coisas boas para nós. Com isso, trazemos um presente para vocês: ideias de maquiagens para o Natal e Ano Novo.

Como de costume, sempre estamos mostrando os melhores looks para nossas leitoras 😀

Festas de família, encerramentos da empresa, Réveillon … Nessa época do ano são tantos eventos diferentes, que fica difícil para inovarmos nas makes com bastante sofisticação e também ousadia nos looks para fechar o ano com tudo rs.

Delineados com sombras e glitter, esfumados brilhantes, dourado e brilho nos lábios são algumas opções que temos como opção para sair da mesmice e arrasar nas festas de fim de ano haha.

Passo a passo Natal

Olho tudo e boca nada – por Camila Coelho

 Natal luxo – dourado e vermelho – por Bruna Tavares

Olho esfumado e batom vermelho – por Gabi Angeli

Passo a passo Ano Novo

Olho com glitter e boca nude – por Nah Cardoso

Efeito profissional – por Bruna Tavares

Réveillon make mais neutra – por Fernanda Petrizi

Mais dicas de maquiagens para o Natal e Ano Novo

Batons escuros e brilhosos perfeitos para festas de fim de ano

Para variar nos looks de final de ano, os batons com cores mais intensas são perfeitos para você dar um up no visual. Combinando com efeitos menos chamativos, como cores: cereja, vinho, bordô dão um grande ar de elegância e sofisticação. Para combinar o look um gloss transparente que aplicado dá uma aparência molhada que sempre está na moda e adoramos rs.

Os tons escuros de rosa também está valendo para as festas de final de ano e um efeito que é muito bom de aproveitar é o de ombré lips (batom em degradê).

Caso queira um visual mais ousado, os batons dourados e cintilantes caem muito bem e uma ótima opção é misturar o gloss com glitter em pó para obter um efeito ainda mais brilhante.

Olhos destacados

Sombras de cores metálicas, gloss nas pálpebras e smokey eye são outras opções para as festas de fim de ano.

maquiagens para o Natal e Ano Novo

Com todas essas dicas de maquiagens para o Natal e Ano Novo, é só reproduzir e brilhar!

Veja também mais textos relacionados:

Unhas de Natal e Ano Novo

Lembrancinhas de Natal baratas

Ceia de Natal

Cupcakes natalinos

Erros na dieta: conheça as 10 principais falhas na alimentação

0
Erros na dieta

Você sabia que pode estar cometendo erros na dieta? Comer demais não é o único erro para quem quer perder peso. Você pode estar fazendo mais coisas erradas com sua alimentação do que imagina!

Erros na dieta

Conheça os principais erros na dieta

1) Não se alimentar bem durante o dia

Quando não nos alimentamos bem durante o dia, pode ocasionar de chegarmos famintas em casa, fazendo com que exageremos na hora da janta, o que não é bom. O ideal é comer bem no café da manhã, no meio dia intermediário e na janta comer algo leve. Porém exagerar no jantar não é nosso único erro na hora da dieta. Comer na parte noturna desregula os nossos funcionamentos digestivos, e podem ocasionar gastrites e refluxos, problema muito comum hoje em dia.

2) Jantar tarde

O recomendado é jantar cedo até às 19 horas e priorizar os legumes, verduras, e gorduras boas (nozes, abacate) é o que devemos ter como hábitos saudáveis.

Especialistas recomendam à noite chás anti-inflamatórios (erva-doce, cidreira, camomila, e mulungo). Para adoçar, priorize adoçante com stevia (edulcorante natural).

3) Achar que atividade física resolve tudo

Nós devemos sim fazer atividade física, mas não devemos achar que pelo fato de estarmos fazendo algo é que podemos exagerar na comida, pois não adianta consumir mais calorias do que se gasta.

4) Consumir álcool

O álcool pode parecer inofensivo, mas é um grande vilão para quem quer emagrecer, pois além de ser calórico, ao consumirmos faz com que nosso corpo retenha mais gordura, por causa de um hormônio liberado em sua ingestão, o cortisol.

5) Comer muito depressa

Comer muito rápido faz com que o cérebro não assimile tão bem que você ingeriu comida e por consequência você vai acabar comendo mais. O ideal é comer bem devagar.

6) Não beber muita água

Devemos beber bastante água (2L), pois estudos mostram a água tem efeito termogênico e aumenta o metabolismo. Além de contribuir para a perda de peso, é necessária para a sua saúde.

7) Comer “besteiras” antes das refeições

Se você está com fome a pior coisa é atacar doces ou outras “besteiras”, pois vai fazer com que você coma bem mais coisas que engordam.

8) Não dormir bem

Além de deixá-la exausta, vai fazer com que desequilibre seu organismo, os hormônios e interfira até no metabolismo.

9) Abusar de qualquer produto “light”

Não é porque um alimento é light significa que você possa comer tranquilamente, pode ser menos nocivo que o normal, mas ainda sim pode ter um alto índice de gorduras e calorias.

10 Ficar muito tempo sem comer

Quando ficamos muito tempo sem comer, nosso corpo libera mais do hormônio que causa a sensação da fome e consequentemente comemos mais do que deveríamos. O ideal é comer de 3 em 3 horas e não exagerar nos lanches.

Foram esses os 10 principais erros na dieta, para saber mais sobre o assunto, confira também:

Faça o teste se você transformaria a dieta em reeducação alimentar, <—- clicando aqui.

Leia também Shakes x Refeições, <—- clicando aqui.

 

Unhas de Natal e Ano Novo: faça você mesma

0
Unhas de Natal e Ano Novo.

Se você está em dúvida no que fazer nas unhas de Natal e Ano Novo, você veio no lugar certo! Pois vamos ensiná-la a como se arrumar para essas datas tão bonitas e importantes! O Site da Mulher selecionou dicas das vlogueiras mais requisitadas para você brilhar! Acompanhe:

Dicas de unhas de Natal e Ano Novo

Natal

1) Três opções: francesinha natalina, cristal de neve e Papai Noel 

São três dicas vindas de Jessika Taynara e Sara Nails.

2) Ursinho natalino

Essa dica é super fácil, você só vai precisar ter um pouco de calma para fazer o ursinho.

Use o boleador de unhas e um pincel para fazer o desenho.

Você vai precisar de esmaltes de cor preta, branca, marrom, bege, vermelha e azul com brilho.

Você deve passar primeiro o fundo de azul, esperar secar o esmalte e depois fazer o ursinho, conforme o vídeo abaixo.

Ano Novo

1) Unha 3D branca com detalhes em prata

A primeira dica para o Réveillon é de Gersoni Ribeiro, é uma opção de unha mais refinada, perfeita para quem vai em uma festa ou até mesmo para quem apenas quer ficar mais bonita, confira:

2) Francesinha com entrelaçados em branco

Essa dica também é de Gersoni Ribeiro e fica super linda.

Você vai precisar de:

Esmalte Renda (Risqué);

Fitas adesivas transparente;

Esmalte branco;

Esmalte dourado ou prata, conforme sua preferência;

Pincel fino;

Boleador.

Passo a passo:

1) Pintar as unhas de renda e esperar secar;

2) Colar fitas adesivas no meio das unhas deixando as pontas destas para fora, preparando assim para você fazer a francesinha;

3) Faça a francesinha com o esmalte branco, passe duas camadas e não espere secar o esmalte para retirar as fitas, assim não estraga as unhas;

4) Faça um traçado reto com um pincel bem acima da linha das francesinhas, com o dourado ou prata, dependendo da sua preferência;

5) Com o esmalte branco faça entrelaçados em linhas retas na parte de cima do traçado dourado/prata;

6) Com o boleador (caso não tenha use o pincel mesmo) faça bolinhas no meio dos entrelaçados brancos.

São essas as dicas de unhas de Natal e Ano Novo 2017/2018.

Unhas de Natal e Ano Novo.

Caso queira ver dos outros anos também, confira aqui:

Unhas Natal e Ano Novo 2015

Unhas fim de ano 2014

Ano Novo 2013/2014

Natal 2013

 

 

 

Lembrancinhas de Natal baratas: ideias e faça você mesma

0
Ferrero Collection - lembrancinhas de Natal baratas.

Está quase na hora das festas de fim de ano e se você ainda não decidiu o que comprar, por falta de tempo ou até mesmo “grana”, não se preocupe, vamos ajudá-la a encontrar uma solução para dar lembrancinhas de Natal baratas!

Opções de compra

1) Caixinha de bombons selecionados

Se você não quer dar caixas de bombons comuns para não parecer tão simples, uma ótima ideia é apostar nos mais refinados, como nas caixinhas Ferrero Collection.

Ferrero Collection - lembrancinhas de Natal baratas.

2) Champanhe ou vinho

É uma opção de lembrancinha de Natal barata e quem não gosta? Já dá para brindar nas festas!

3) Caixinha de sabonetes

É uma ideia simples mas que todo mundo usa!

4) Canecas customizadas

Você pode encontrar várias opções de canecas de Natal em diversas lojas, como na Imaginarium ou até mesmo no mercado, Havan e entre outras lojas. E ainda se preferir, pode encher de bombons a caneca e envolver em um plástico transparente com um lacinho.

Faça você mesma – lembrancinhas de Natal baratas

1) Caixinha de BIS com mensagens bonitas

Essa alternativa faz você gastar pouco e parecer algo profissional, pois tem palavras de amor, paz e o custo é praticamente 1 caixinha de BIS. A ideia é do canal “Sei lá”.

Você vai precisar de:

  • Sacolinha plástica com estampas ou lisa;
  • Lápis;
  • Caneta piloto;
  • Postites (bloquinhos de papel colorido);
  • Cola em bastão;
  • Fita;
  • Tesoura;
  • 1 Caixinha de BIS.


Como fazer:

  • Colar mensagens em cima dos BIS, como amor, paz, sabedoria e o que você desejar para a pessoa! Fazer as mensagens com os postites (corte se precisar). Você pode também destacar uma mensagem com uma cor diferente de postite.
  • Corte a caixa de BIS no meio.
  • Coloque as metades das caixinhas dentro do saquinho com os BIS junto das mensagens.
  • Amarre a fitinha com um laço no saquinho.

Seu presente está pronto!

2) Arvorezinha de Natal de bombons, bolo de potinho e copo recheado

Essas três ideias são do canal Bianca Luz.

3) Velas perfumadas, aromatizadores e presentes comestíveis

São seis opções de lembrancinhas de Natal baratas selecionadas por Flávia Ferrari.

Veja também dicas para a Ceia de Natal, <— clicando aqui.

Timidez – TESTE o nível da sua!

0
Timidez.

A timidez faz parte de todos nós, seja em grande ou pequena quantidade, esse sentimento aflora nas mais diversas situações e, muitas vezes prejudica nosso desempenho em inúmeras áreas da socialização.

Timidez.

Apesar de ser natural, quando a timidez começa a atingir níveis muito altos e prejudicar a sua vida, pode ser o momento de buscar ajuda. Mas você sabe se a sua timidez está além do comum? Responda as perguntas a seguir com sinceridade e descubra qual o seu nível de timidez:

Clique em iniciar questionário.

Resultados:

  • Pouco tímida:

Você pode até se sentir tímida de vez em quando, mas as situações são muito pontuais e não interferem no seu jeito de viver. Você faz o que tiver vontade e não pensa com frequência no que os outros vão dizer. A timidez não atrapalha a sua vida.

  • Equilibrada:

A timidez é uma companhia casual e vocês convivem harmonicamente. Ela faz você tomar decisões que lhe poupam de ser o centro das atenções ou de ser assunto alheio, mas não lhe impede de fazer o que tem que ser feito. Você tem seus momentos de timidez, como todo mundo, mas ela não muda os seus impulsos iniciais.

  • Muito tímida:

Possivelmente existem duas de você: uma é quem você seria sem a timidez, a outra é quem esse sentimento lhe tornou. Na escola/faculdade você sempre perdia pontos nas apresentações por falar muito pouco, e os colegas sempre pediam para você repetir todas as suas respostas, mais alto. Você provavelmente já afastou muita gente que gostaria de ter por perto por se sentir tímida em mandar a primeira mensagem ou puxar assunto. A timidez está fazendo você se esconder do mundo e tudo o que você quer, realmente, é não ser notada. Se você está feliz assim e acredita que a melhor forma de viver em paz é sem ser muito notada, tudo bem, é seu jeitinho de ser. Mas se você se sente mal com isso e gostaria de ser menos tímida, saiba que é possível tratar esse sentimento!

Dicas para controlar sua timidez:

Se você faz parte do grupo das tímidas que querem vencer esse sentimento, saiba que um psicólogo ou psicoterapeuta são profissionais capacitados para desenvolver atividades com você que vão lhe ajudar a ficar no controle da situação. No entanto, a timidez não é uma doença, e sim um traço de personalidade, então não precisa se desesperar e buscar “uma cura”, mas sim um maior autocontrole.

Larissa Santos.

Desafios conjugais: conheça os maiores motivos de atritos entre casais

0
Desafios conjugais.

Atualmente as taxas de divórcio não são baixas e o tempo de permanência no casamento é muito menor do que em outras épocas. No entanto, antes de partir para uma decisão tão definitiva e dura na sua vida e do seu cônjuge, vale a pena observar as maiores causas de atritos entre casais e identificar se vocês não caíram em uma dessas armadilhas modernas dos desafios conjugais.

Desafios conjugais.

Principais desafios conjugais

  1. Pouco tempo dedicado ao casal:

Não são raras às vezes em que um casal moderno pode se ver passando uma semana inteira cheia de atividades, sem que nenhuma delas seja dedicada propriamente ao casal.

Seja um projeto de trabalho, uma reunião da escola do filho na qual só um dos pais irá comparecer ou até mesmo o tempo dedicado à organização da casa: tudo acaba passando na frente do casamento e do tempo do casal. Tirar um dia na semana, ou talvez apenas algumas horas para um jantar a dois, na qual possam se dedicar exclusivamente um ao outro, pode fazer toda a diferença.

  1. Falta de assunto:

Você certamente já leu que para muitos casais falta diálogo, o que é a mais pura verdade. No entanto muitas vezes o que falta não é a vontade de conversar, mas sim o assunto.

Você já não tem mais nada de interessante a dizer sobre você mesma a seu cônjuge, então quando o diálogo acontece, parece ser vazio e não fortalece em nada o relacionamento. Para este problema, especialistas afirmam que é importante alimentar a individualidade, estar atenta a você mesma, informada sobre assuntos que lhe interessem e fazendo coisas por si só, além de ser satisfatório gera assunto e interesse sobre a pessoa com quem está casada.

  1. Mau uso das redes sociais:

As redes sociais de ambos podem ser fonte de contato com a família e amigos agradáveis, mas quando passa a se tornar um lugar ao qual você não quereria que seu cônjuge tivesse acesso é sinal de problema.

Você sabe que curtir fotos de pessoas nas quais poderia se interessar ou “dar corda” para aquele colega de trabalho que parece gostar mais do que devia de você não é legal. “Se fosse o contrário, eu me importaria?”: Essa simples pergunta vai te dizer tudo o que precisa saber sobre quais são os limites do casal quando o assunto são as redes sociais.

Vale ainda dialogar sobre isso, estabelecer momentos nos quais não gostaria que a vida virtual interferisse, como nas horas das refeições e de dormir, por exemplo.

  1. Paradigmas ultrapassados:

Apesar de a modernidade trazer muitas desconstruções, muitos casais ainda tem problemas antigos. Homens que esperam que sua esposa seja uma ótima dona de casa e um profissional pouco importante, mulheres que querem maridos poderosos profissionalmente e não os apoiam quando não é assim e até mesmo má divisão de trabalhos domésticos.

É preciso que os casais comecem a aplicar mudanças positivas no seu dia a dia: se um trabalha até mais tarde, o outro pode muito bem organizar a casa. Se um está crescendo na profissão é esperado que o outro o apoiasse. Tudo isso independentemente do sexo do cônjuge.

  1. Caminhos em direções opostas:

Provavelmente o mais difícil de admitir: vocês não esperam as mesmas coisas da vida, não têm os mesmos objetivos e não estão nessa relação com a mesma intensidade. É preciso refletir: “o que eu espero desse casamento?”, “o que eu espero do meu futuro?”, “quais são os meus projetos?”. Às vezes o casamento vai mal porque você espera do outro os mesmos objetivos que você tem.

Um pouco mais de diálogo sobre que caminhos querem tomar pode ser um divisor de águas. Se você se sente capaz de apoiar quem você ama no caminho que ele ou ela pretende tomar e sente o apoio de volta, não vai se importar que estejam com projetos diferentes. Agora, se o que vocês esperam da vida sejam completos opostos e, o projeto de um anule o do outro, talvez fosse melhor refletir o que é prioridade.

Larissa Santos.

Reunião de pais: reflexões sobre o tema

0
Reunião de pais.

Reunião de pais.

Na grande maioria dos casos, não é tão simples querer admitir a verdade na reunião dos pais com os professores na escola. O fato é que, apesar de desejarem a ajuda dos pais, os professores não podem ser tão diretos como gostariam. Fora isso, ainda é difícil, para alguns pais, acreditar que seu filho possa não ser o aluno exemplar que ele imagina.

Por esses motivos, decidimos listar algumas coisas para ter em mente antes da reunião na escola e, assim, entender melhor o que o professor do seu filho pode querer dizer de forma discreta.

Reflexões – reunião de pais:

Ouça o que os professores têm a dizer sobre seu filho e acredite neles:

Não é que você não deva ouvir o lado do seu filho quando surge algum atrito na relação da criança com a escola, como uma suspenção, por exemplo. O problema é quando o lado da criança é o único levado em consideração e tomado como verdade absoluta. Você precisa se permitir confiar nos professores do seu filho quando eles lhe dizem que o comportamento não é, na escola, o mesmo que apresenta-se em casa. Ouça todos os lados e acredite, na grande maioria dos casos os professores não estão pegando no pé do seu filho, mas sim, tentando resolver um problema que realmente existe.

Foque no assunto da reunião:

A reunião na escola é um momento para buscar formas de tornar o ensino do seu filho ainda mais produtivo. Desabafar com o professor sobre problemas da família, agir com agressividade diante de reclamações ou ser negligente a pedidos dos professores não vai ajudar em nada. Lembre-se, é um momento para conversar e buscar alternativas, não para jogar a culpa das frustrações de um para o outro. Além disso, seu comportamento na reunião vai ser uma forma do professor entender o aluno, ou seja, se você for à escola para ouvir sobre a agressividade da sua criança e reagir do mesmo modo, logo os professores saberão qual é a fonte do problema.

A educação do seu filho cabe, primeiramente, a você:

Não é nada incomum que pais e mães acreditem que o papel da escola é educar seus filhos. Essa afirmação é extremamente equivocada. O papel da escola é dar conhecimento às crianças, além de garantir um espaço saudável para que elas desenvolvam uma relação com outras crianças. No entanto, se seu filho é desrespeitoso, agressivo, ou não está agindo da forma como você gostaria, esse não é um problema da escola. Portanto, não cabe exigir e cobrar dos professores que ensinem às crianças coisas que elas precisam aprender em casa.

Talvez seu filho não seja tão estudioso quanto você pensa:

Apesar de ser um tanto complicado admitir, muitas vezes as crianças e adolescentes não estão realmente estudando quando dizem que estão. Talvez seu filho até esteja com o livro da escola ou você tenha certeza de que o viu em um site educacional quando passou perto do seu computador.

Mas isso não é garantia de que ele está de fato absorvendo o conteúdo, por isso, mesmo que você veja seu filho preparando o trabalho que precisa entregar na escola, acredite quando o professor disser que ele precisa estudar mais em casa. Ajude seu filho a ter um tempo de estudo mais produtivo, evitando que ele se distraia com outros sites no momento de fazer a tarefa, ou quaisquer outras distrações externas que possam tornar improdutivo o tempo que ele passa com os livros.

Seu filho precisa ocupar melhor o tempo fora da escola:

Talvez lhe soe absurda a ideia de que seu filho precisa ocupar melhor o tempo dele, afinal, você já o inscreveu em diversas atividades fora da escola que ocupam a semana toda e, de forma alguma, seu filho passa o tempo com a cabeça livre para pensar ou fazer algo que não deva. No entanto, isso não significa que sua criança está ocupando bem o tempo fora da escola. É preciso deixar espaço livre na rotina das crianças para que elas possam apenas relaxar, brincar e ser criança. Se você ocupar o tempo todo do seu filho, ele já irá para a escola cansado de manter tanto o foco e, provavelmente, será menos produtivo na sala de aula.

Acredite: o ensino como era na sua época, não vai funcionar com seu filho:

É quase natural que os pais, que guardam memórias de uma sala de aula quieta, atenta e extremamente dedicada a agradar os superiores, da sua época, acreditem que esse seria o modo ideal de educar as crianças atuais. Mas é preciso que se desenvolva a consciência de que a criança que você foi, e a criança que seu filho é, são completamente diferentes e vivem em sociedades totalmente divergentes. Os métodos de ensino veem se modernizando e aprimorando, justamente porque as crianças atuais já não aprendem mais com os métodos tradicionais e ultrapassados. Portanto, não seja o tipo de responsável que tenta impor um método de ensino que lhe agrade à escola do seu filho. Pergunte sempre que tiver dúvidas e sugira o que tiver vontade, mas acima de tudo respeite o profissional que estudou para desenvolver o conhecimento do seu filho.

Se o professor parecer saber o que acontece na sua casa, é porque ele provavelmente sabe:

Já foi a uma reunião de pais, na qual o assunto deu voltas e voltas e parecia sempre querer chegar a uma questão que você imaginou que não havia saído da sua casa, como uma briga, por exemplo? Pois é, as crianças muitas vezes não sabem que você não gostaria que aquele assunto deixasse de ser particular, mas não fique irritada com a sua criança. Se seu filho comentou com os professores sobre uma situação difícil, e esse assunto chegou à reunião, é porque provavelmente isso está prejudicando o emocional da sua criança. Vale reagir com atenção, e não raiva, e tentar tornar seu lar, um ambiente mais seguro e agradável para que seu filho, não precise pedir a ajuda dos professores.

Larissa Santos.

Translate »